[ Boletim ]

Digite sua Senha:

Nome: Daniel Diego ferreira - Ínicio no Bushido Ryu: 18-10-2013 - Idade: 21



Quem Sou Eu ?
Bom falar sobre mim, nunca foi fácil aparece que falta palavras para me descrever. Mas enfim vamos lá. Primeiro sempre adorei esportes e como todo bom brasileiro futebol foi a minha primeira paixão, jogando futebol seja na rua, campo ou quadra sempre joguei para vencer, perder nunca foi uma opção, para mim competir nunca era o bastante a satisfação só vinha através da vitoria, mas foi nas derrotas que mais aprendi, aprendi que sempre devemos apoiar os companheiros que toda jogada tem que ter uma estratégia e que temos que conhecer nossos adversários mais do que neles possam nos conhecer, isso parece fácil, mas não é. Porém eu não gostava só de futebol, sempre assistia filmes de artes marciais na casa dos meus tios. Através do filme Esporte Sangrento que foi estrelado por Mark Dacascos, fiquei muito empolgado e procurei o centro de esporte e lazer da cidade onde havia e ainda à aulas de capoeira gratuitamente. Pratiquei pouco tempo tinha11 anos na época e era facilmente levado pelo momento, logo a capoeira não ficou tão legal quanto parecia no filme, afinal tudo no filme parecia muito fácil de fazer, mas na pratica não era, isso frustra muitas pessoas inclusive um menino de 11 anos. Depois aos 13 anos treinei karate por uns seis ou oito meses, mas não vingou também, as aulas sempre eram as mesma e isso acho que foi crucial para meu desinteresse, cinco anos depois voltei a treinar karate, mas não me via progredindo então conheci o kiosanim Josimar que me apresentou o taekwondo, treinei firme por cerca de seis a sete meses, mas devido ao trabalho que aceitei em outra cidade tive que abandonar aos treinos, foi ai que o mesmo me indicou treinar Bushido Ryu, ele me falou que era uma arte marcial de defesa pessoal, me interessei e depois de participar de um curso de combate com faca, mas devido novamente ao trabalho e ao curso técnico de contabilidade tive que esperar ate ver qual caminha marcial eu tomaria. Depois de aceitar um novo emprego no centro de São Paulo fiquei financeiramente estável e devido ao meu horário de trabalho fiquei com maior disponibilidade para conhecer Bushido Ryu então em outubro de 2013 comecei a treinar Bushido Ryu e depois de quase quatro ou cinco meses treinando Bushido e taekwondo, decide pelo caminho marcial do Bushido Ryu e desde então não dá para expressar com palavras a minha evolução marcial, tenho muito a melhorar e como sou um homem muito teimoso vou buscar essa melhora constante. Bom essa parte foi especificamente voltada para minha caminhada nas artes marciais talvez tenha faltado alguma coisa aqui outra ali, fato é só conseguir me firmar em um lugar quando conheci o dojo. Não sei o dia de amanhã, não sei o que o destino me aguarda, só sei que agora estou feliz e Bushido Ryu sempre fará parte da minha vida. Fora as artes marciais gosto de musica especificamente Rock nacional ou internacional, musica popular brasileira entre outros gêneros, gosto de ler livros sobre artes marciais, filosofia e literatura brasileira, trabalho como assistente contábil, sou muito simpático, gosto de fazer amigos e sou muito inteligente e busco sempre o melhor para mim e para minha família. Como já havia escrito no primeiro parágrafo, nunca foi fácil escrever sobre que eu sou, mas espero que este texto contribua. Oss
O Bushido Ryu para mim!
Oss Bushido Ryu para mim foi um marco zero. ou seja, Daniel antes e depois de conhecer BushIdo Ryu. Antes pensava que arte marcial fosse só uma luta, depois com os treinos e de conhecer o Shidoshi, passei a entender Bushido Ryu não só como uma luta e sim como arte e um caminho de vida. Um caminho muito difícil de percorrer, onde só os fortes permanecem, porem esse é caminho que escolhi porque vale e vale muito essa árdua caminhada. Afinal a dor é passageira desistir é pra sempre.

Meu Diario no Bushido Ryu