[ Boletim ]

Digite sua Senha:

Nome: Caroline Andrade - Ínicio no Bushido Ryu: 01/02/2009 - Idade:



Quem Sou Eu ?
O Bushido Ryu para mim!

Meu Diario no Bushido Ryu
1/10/2009 16:02:11
A vida é mais simples do que a gente pensa; basta aceitar o impossível, dispensar o indispensável e suportar o intolerável."

8/10/2009 11:20:08
Ontem (07/10/09), foi um treino duro com muito suor. O dojo cheio, com alunos novos inspirados a aprender nossa arte,... Tbm tivemos uma aula muito interessante, nossa companheira Rose, levou o violão tocou e cantou pra nós refletirmos uma música do Legião Urbana "tempo perdido" fikei observando todos que estavam ali, prestando a atenção na letra da música, todos muitos concentrados, foi muito lindo.... A cada dia que passa, me apaixono mais e mais por esta arte, pois aprendemos a viver... No final do treino, o Schidoshi me fez uma pergunta, e eu não consegui responder, e não era por que eu não sabia, mas sim pela minha timidez, tenho preblemas em falar ao público, quando ficam todos me olhando, acaba não saindo nada. Mas o Schidoshi entendeu, e até gostei dele ter chamado minha atenção para mim perder este medo. Tenho certeza que vou conseguir vencer .... Não tenho medo do escuro Mas deixe as luzes Acesas agora

1/12/2011 11:35:14
Quando iniciei as aulas achei que iria desistir pelo meio do caminho, pois não tinha uma boa coordenação motora. Adoro fazer parte dessa família, pois para mim se tornou um vício, quanto mais treino mais aprendo a me superar que é o mais difícil..

1/12/2011 11:41:44
Estou maravilhada com tudo que tem me acontecido desde que comecei, estou mais intuitiva, minha voz interior está sendo ouvida, inclusive em relação a família. Estou enxergando beleza e sabedoria na vida que não via antes.

7/12/2011 16:05:39
Uauu, estou super quebrada, com os dois olhos roxos, com os lábios todo cortado, mas estou aki de pé pronta para outra. " O que não mata fortalece " rsrsr Estou estudando a cada dia, e vejo que bushido-ryu nunca se deve parar ao aprendizado, que não adianta estudar somente nos momentos finais ao exame, e sim sempre pesquisar, estar atualizada em tudo, pois conhecimento é algo que levaremos para sempre.

28/12/2011 15:27:49
Desejo a todos um feliz ano novo!

6/1/2012 12:50:09
Realmente bushido-ryu tornou-se um vício para mim, claro um vício BOM, meu corpo sente falta dos treinos quando acontece algum imprevisto e não consigo chegar a tempo, meus pensamentos são constantes e fico me perguntanto como será que foi o treino?! poxa eu deveria ter ido nem que fosse nos últimos minutos.. Ontem não deu tempo de ir ao treino, mas cheguei em casa e treinei nunchaku, sinto que a cada dia entendo mais esta arma e vou treinar muuuito para dominar os movimentos corretos. Oss!

22/9/2014 15:23:27
Depois de um bom tempo afastada, deixo minha mensagem.. A pior sensação do retorno é você perceber o quanto seu corpo está fraco. Não digo “fraco” em conseguir vencer alguém, e sim a si mesmo. Você perde totalmente o condicionamento físico, a aula de 1 hora, se torna 24 hrs, o suor incomoda, a respiração e os movimentos não são mais os mesmos, e fora decepção em não conseguir acompanhar os colegas. Naquele momento eu posso dizer que perde-se o ego. Uma das coisas que aprendi com o Bushido Ryu, é a persistência: não desistir nunca, treinar mesmo quando se está cansada. A cada treino, sinto que é um encontro com o meu eu, me descobrindo a cada dia como pessoa, como mulher, descobrindo afinidades, desafios, olhando pro lado e vendo o sorriso de apoio, aprendo a ter humildade para reconhecer os colegas mais fortes e ter paciência para ajudar os mais novos. Quando uma pessoa inicia o treinamento no Dojo, está entrando em um universo diferente, todo esse aprendizado vai além dos treinos. Passa para a nossa vida cotidiana, na forma de agir, de viver, como respeitar os demais e a si mesmo. Oss!